fbpx


Pandemia e Saúde mental: 3 dicas para cuidar de si neste período

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) o Brasil é o líder em volume de pessoas ansiosas do mundo, com 18,6 milhões de brasileiros. O que hoje representa cerca de 10% da população convivendo com o transtorno. Sendo assim, como cuidar da saúde mental na pandemia?

Neste caso, o período de pandemia que estamos passando atualmente pode contribuir também para agravar ainda mais este cenário, desencadeando um estado de estresse e ansiedade permanentes que podem fragilizar o nosso sistema imunológico e debilitar o nosso equilíbrio mental.

Somos especialmente impactados por fatores que fogem ao nosso controle, como é o caso da pandemia gerada por um vírus invisível, desconhecido e incontrolável até o momento.

Por isso, a nossa situação atual demanda cuidados não só com a saúde física, mas também com a mental.

E para entender como manter a sua saúde mental neste período de pandemia, basta acompanhar a leitura deste post até o final.

Vamos lá?

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

  • Coronavírus: Tempos de incertezas geram medo e pânico
  • Principais dicas de como manter a saúde mental durante a quarentena
  • Evite o excesso de informação na quarentena
  • Mantenha uma rotina ativa
  • Lembre-se que você não está sozinho
  • Conclusão

Pandemia do Coronavírus: Tempos de incertezas geram medo e pânico

As incertezas que temos tido diante dos cenários causados pela contaminação do novo coronavírus está deixando boa parte das pessoas sem dormir, comer ou mesmo trabalhar direito.

Algo que tem gerado momentos de medo e pânico na população.

O que não se trata apenas de medo de contrair a doença, mas também de todos os efeitos que ela já está provocando ao alterar a rotina dos brasileiros através do confinamento em casa.

Além disso, não podemos esquecer dos impactos econômicos que ainda não podem nem ser avaliados.

Neste caso, o que também acaba contribuindo para este momento complicado e para essa sensação de pânico e perda de controle diante do dia-a-dia é a avalanche de informações que temos visto nos noticiários.

E sim, realmente estamos vivendo um momento de incertezas, e ainda não sabemos o que vai acontecer nos próximos meses e quanto tempo ainda precisaremos de pandemia, entre outras dúvidas.

Vivemos numa ameaça constante de uma doença um tanto desconhecida. Devido a tudo isso, a nossa tendência acaba sendo “ficar ruminando” as questões e imaginando todas as coisas horríveis que poderiam acontecer.

Como você já pode perceber, se ficarmos acompanhando cada notícia há possibilidade de entrarmos em desespero e pânico…

Porém, da mesma forma, alienar-se e tentar não saber mais nada também não é saudável.

Enfim, muitos de nós estamos envoltos em uma ansiedade absurda!

E talvez você agora esteja se perguntando – Afinal, como posso manter a minha saúde mental na quarentena?

Bom, para te ajudar será sobre isso que falaremos a partir de agora:

Principais dicas de como manter a saúde mental durante a pandemia

Evite o excesso de informação sobre a pandemia

Muitos especialistas acreditam que hoje um dos motivos pelos fatores de medo é o excesso e bombardeio de informação a que estamos expostos diariamente.

Para que você possa ter uma ideia e possa também fazer uma comparação, lembra que em 2009, aconteceu uma pandemia do H1N1?

E que naquela época, apesar da doença ser até um pouco mais grave, não tivemos toda a repercussão como a que estamos tendo atualmente.

Existe uma diferença entre os vírus que faz com que este novo coronavírus seja muito mais contagioso. Mas além disso, o bombardeio de notícias também acontece, em boa parte, pela velocidade com que uma informação pode ser passada hoje. Apesar dos smartphones já existirem naquela época, não tinham tanta importância como os aparelhos têm hoje.

Hoje temos mais de 230 milhões de smartphones em uso só no Brasil. E no mundo todo mais de 5 bilhões de smartphones.

E aí? Já deu para entender porque as pessoas ficam muito angustiadas com o excesso de informação, não é mesmo? O tempo todo somos bombardeados por notícias em tempo real, o que gera uma ansiedade muito grande.

Então, além da pandemia de Covid-19, podemos dizer que a globalização está contribuindo para uma pandemia de pânico, o que gera medo excessivo na sociedade.

Sim, é claro que todos nós precisamos estar bem informados, no entanto, não devemos ficar obcecados. E o alerta é sempre tomar cuidado com informações falsas, ou seja, rechaçar as fake news.

Neste caso, durante a quarenta, o recomendado é que você evite ler qualquer matéria na internet e sim procurar fontes confiáveis para se informar.

E claro, também não fique o dia todo assistindo aos noticiários — procure escolher um horário do dia para se informar, caso contrário, você passará o dia todo só pensando nisso.

Também evite olhar toda hora as notificações do celular, principalmente quando estiver trabalhando e precisar de concentração e foco.

Apesar da pandemia, mantenha uma rotina ativa

Ter uma rotina ativa e se concentrar nos desafios de cada momento irá ajudar a sua mente a não se autossabotar.

Por isso, procure criar uma rotina, mesmo que você não possa sair de casa.

Você pode, por exemplo, escrever as suas tarefas, o que será essencial, pois o nosso cérebro entende melhor quando visualiza.

Neste caso, deixar essa rotina à mostra, ajudará o seu dia fluir melhor.

E claro, não se esqueça de incluir nessa rotina o seu tempo particular para relaxamento, um banho mais longo, meditar, ouvir música, ler um livro, fazer exercícios físicos, aprender novas coisas.

Aqui reforçamos a ideia de que você deve evitar desenvolver uma rotina sedentária.

Por isso, recomendamos que você procure formas de fazer atividades físicas dentro de casa durante a pandemia.

Você pode, inicialmente, planejar um cronograma com alguns exercícios que podem ser feitos até mesmo com sacos de alimentos, por exemplo.

Saiba que as atividades manuais estimulantes, como artesanato e gastronomia, também são ótimas alternativas.

Isso porque quando começamos a utilizar mais o corpo e outras fontes de percepção, automaticamente podemos relaxar a parte cognitiva, algo importante para manter a calma.

Lembre-se que você não está sozinho nesta pandemia

Como falamos no início do artigo, o isolamento social afeta a nossa saúde mental e faz nos sentirmos sozinhos, abandonados e até rejeitados.

Porém, neste período precisamos trabalhar a ideia de que este é um momento delicado pelo qual todos nós precisamos passar juntos.

Durante o período de pandemia do coronavírus, devemos cultivar pensamentos positivos.

Algo essencial, pois os pensamentos podem ser uma das grandes causas da sua ansiedade.

Por isso, acorde, faça um alongamento, foque na sua respiração e agradeça.

Também ao longo do dia, não se deixe apegar por pensamentos ruins e nem fique ruminando o medo.

Pelo contrário, procure conversar com familiares e amigos para desabafar e expor como se sente.

Lembre-se que você não está sozinho (a) nesta pandemia, estamos todos juntos.

Conclusão

E aí? O que achou do artigo?

Neste artigo você conheceu as principais formas de como manter a sua saúde mental durante os períodos de quarentena.

Você teve acesso a algumas dicas valiosas para superar esse tempo difícil.

Porém, lembre-se de pegar leve consigo mesmo.

Saiba que você não precisa ser perfeito, nem agradar às pessoas ao seu redor, ou estar disponível para todos; está tudo bem!

Pelo contrário, seja seu melhor amigo neste momento… e lembre-se: tudo isso, essa pandemia, vai passar.

Procure manter o foco, a boa alimentação, anote as suas (pre)ocupações, porque assim você saberá como lidar com tudo isso melhor.

E claro, não hesite em pedir ajuda, que pode ser desde um colo amigo ou uma conversa com um profissional.

Aproveite, curta e compartilhe a sua opinião conosco!

Dúvidas, críticas ou elogios deixem nos comentários.

Até a próxima!

Fontes





Posts relacionados



 

Autoconhecimento: Um caminho necessário para o sucesso e uma vida plena

O autoconhecimento nos permite ter consciência de quem somos, é saber o que precisamos melhorar ou potencializar, reconhecer nossos pontos fortes e vulnerabilidades. Veja este conteúdo com foco profissional.

Leia mais
 

Dicas práticas para ter mais saúde e bem-estar

Cuidar da nossa saúde e se manter saudável é algo considerado vital em nossas vidas, não é mesmo? Leia e veja dicas simples para o dia a dia.

Leia mais
 

Idosos em casa – Entenda como evitar a depressão nesta pandemia

Leia dicas de atividades para idosos para que, desta forma, elas possam manter a sua saúde mental durante este período de pandemia.

Leia mais

Conheça as emocionantes histórias dos nossos associados

< >

Matriz: Rua P-16 esq. c/ P-17, n° 593, Setor dos Funcionários - Goiânia.