fbpx


Cada um tem o seu tempo de encarar a perda e a dor do luto

A fase da negação é muito comum entre as pessoas que passam por um luto recente. Trata-se de um mecanismo de defesa que a pessoa enlutada adota, demonstrando uma resistência à perda para evitar o desequilíbrio psíquico.


Nestes casos, pode haver um bloqueio das expressões emocionais (a pessoa não demonstra seus sentimentos), ou tenta negar a perda procurando esquecer o ocorrido, evitando pensar no assunto. Também pode haver uma reação hiperativa, onde a pessoa age como se nada tivesse acontecido e busca distrair-se ao máximo para evitar entrar em contato com sua dor.


Esta fase da negação é passageira e exige atenção da família, que deve estar atenta e aberta a promover espaços saudáveis para expressão dos sentimentos, pois muitas vezes a pessoa enlutada acha que não tem direito de se expressar, que precisa ser forte e, por isso, acaba negando suas emoções. No entanto, isso pode ser prejudicial e a pessoa deve sentir-se segura quando a negação passar.



Outro motivo que deve despertar a atenção da família é o uso de substância, como calmantes, que pode até ajudar, quando receitado e com acompanhamento médico e terapêutico.


Lidar com a falta de alguém querido pode ser ainda mais desafiador.

Por isso, escrevemos um ebook sobre o tema “Permita-se passar pelo luto”. Baixe aqui, gratuitamente.





Posts relacionados



 

Você sabe que pode chorar? Nem sempre é simples durante o luto

Você sabe que pode chorar? Em tempos de redes sociais, as pessoas se sentem cada vez mais culpadas quando estão tristes. E como fica quando o luto acontece?

Leia mais
 

O luto faz surgir um jeito diferente de amar

Com a partida de alguém muito amado, a pessoa enlutada vive um dilema: a pessoa que se foi é causa de felicidade e tristeza ao mesmo tempo. O que fazer?

Leia mais
 

Luto na Pandemia: Como buscar amparo? Como ajudar?

Durante a pandemia, Como viver o luto? Como ajudar? Baixe o e-book e veja como ajudar neste cenário de tantas restrições e isolamento social.

Leia mais

Conheça as emocionantes histórias dos nossos associados

< >

Matriz: Rua P-16 esq. c/ P-17, n° 593, Setor dos Funcionários - Goiânia.